PESQUISAR

INCÊNDIO FLORESTAL

Incêndio florestal é o fogo fora de controle em qualquer tipo de vegetação, seja na mata, em plantações ou em pastos. Todos os anos, esse tipo de acidente causa prejuízos não só para o meio ambiente, mas também coloca em risco o patrimônio e até a vida das pessoas.

florestal

Apesar de acontecerem majoritariamente em épocas de seca, sendo potencializadas pelo fator climático, como a velocidade do vento e a umidade do ar, e outros fatores naturais, como o relevo e o tipo de vegetação; a maioria dos incêndios são causados por ação humana intencional ou acidental. Por isso, não deixe de ler a matéria completa para conferir todas as nossas dicas!

Cuide do meio-ambiente 

A principal vítima desses acidentes é o meio-ambiente; porém, diretamente ou indiretamente, o humano é negativamente afetado sempre que esses ambientes estão desequilibrados. 

florestal

A diminuição das áreas verdes contribui para o aquecimento das cidades, para a desregularização das chuvas e a sua fumaça contribui diretamente para o efeito estufa e pode provocar doenças respiratórias na população local. 

Os incêndios também contribuem para a degradação do solo - prejudicando a agricultura -, para erosões, que, por sua vez, podem contribuir para o assoreamento de córregos e rios. Além de causar a morte de diversos seres vivos, acarretando em desequilíbrios no ciclo da cadeia alimentar que podem ser irreversíveis. 

Principais Causas 

Como já mencionado, a maioria dos incêndios são causados por ação humana; muitas vezes, as pessoas que iniciam as queimadas informam que iriam queimar uma pequena parte e perderam o controle da situação.

Entre as principais causas estão: 

  • A queima intencional de pastos, plantações, lixos etc;
  • vandalismo;
  • fogueiras;
  • balões;
  • acidentes causados por fagulhas de máquinas ou rompimentos de cabos de eletricidade;
  • e raramente causas naturais, como raios.

 Pequenas mudanças fazem toda a diferença 

  • Não inicie queimadas, principalmente próximo a áreas de vegetação;
  • não queime lixo, terrenos ou pastagens;
  • não jogue bitucas de cigarro na mata, nas ruas ou em beira de estradas;
  • não deixe garrafas de vidro em áreas de vegetação (o sol faz o efeito lupa e pode iniciar um incêndio);
  • ao fazer trilhas, evite acender fogueiras. Caso precise fazer uma, certifique-se de limpar a área, de forma que não tenha nenhum material inflamável em volta e nunca abandone o fogo antes de apagá-lo. 

Leis contra crimes ambientais

A Lei 9.605/98, chamada de Lei de Crimes Ambientais, prevê multas e até prisão para quem provocar incêndios na mata ou floresta e para quem fabricar, transportar e soltar balões. Já a Lei 4.771/65, que institui o Código Florestal brasileiro, determina que para o uso do fogo controlado, o cidadão deve antes entrar em contato com o Ibama do seu estado.

O que fazer ao avistar um incêndio florestal? 

Pode-se combater o fogo por resfriamento, com água, ou por abafamento, jogando terra em cima do fogo, por exemplo. Entretanto, apenas tente combater pequenos focos de incêndio, pois o fogo em vegetação é muito perigoso, podendo se alastrar rapidamente, encurralando as pessoas que estão na proximidade. 

Por isso, logo que perceber um incêndio, ligue para os bombeiros através do número de emergência: 193. Quanto antes, maior será a probabilidade de êxito no combate ao incêndio. E não coloque a sua vida em risco; mantenha-se a uma distância segura do fogo.

 

Gostou dessas dicas? Compartilhe com seus amigos e siga-nos nas redes sociais.

QUARTEL DO COMANDO-GERAL
Rua Almirante Lamego, 381, Centro, Florianópolis - SC | CEP: 88015-600

Desenvolvimento: DiTI-DLF | Gestão de Conteúdo: CCS | Tecnologia Open-Source
emergencia193